sábado, 20 de março de 2010

A married lady dancing













Well, eu estou a little bit ocupada posto que, among other thousands things, tenho um deadline mortal: um mes para entregar um trabalho. Até ai tudo bem, tudo normal. Só que a verdade verdadeira é que esse prazo estaria bem dimensionado para o trabalho em questao se fosse um grupo de 5 pessoas envolvidas. E é só eu, me and myself. E eu fui a que estabeleceu o prazo, pode? Pode. A vida tem dessas coisas e nem sempre podemos ser cautelosos all the time. Das duas uma: ou eu entrego o trabalho no prazo ou eu entrego o trabalho no prazo. E teremos um happy end - nem que eu tenha de alterar o calendário pra isso, risos teimosos. Sem falar que tenho um plano B guardado na minha bolsa beige e um plano C escondido na minha carteira turquesa, risos femininos-consumistas-e-amostrados.

E justo hoje, sábado, deu um bloqueio, um branco e fiquei mais burra do que o habitual. Nao encontrava uma soluçao satisfatória para chutar ou pelo menos desviar uma pedra que surgiu no meu caminho High-Tec. Depois de uma hora com meu meio-neuronio trabalhando full-time decidi: It´s enough! Tá com a porra! O negócio é desanuviar, desopilar, deixar o trabalho de lado e fazer algo completamente diferente, divertido e, if posible, fútil. Com um leque de infinitas possibilidades a minha disposiçao decidi que tava mais do que na hora deu aprender a coreografia de SINGLE LADIES da Beyonce COXA-GROSSA-E-BONITA.

Depois de uma hora de tentativas hilárias com direito a reprovaçao no olhar do filho adolescente, muitas risadas e algum suor, fez-se a luz: vislumbrei - entre uma rebolada e outra -a soluçao para o meu problema. Tao vendo como futilidades também ajudam naquilo que é essencial?
Bom ai embaixo tá o vídeo que me ajudou nessa epopeia piauiense-no-Paraguay-imitando-a-Beyonce e logo depois outro vídeo da música em questao.

video


video


PS: A pergunta que nao quer calar: Eu aprendi a coreografia? Bom nao cabe a mim responder e sim ao povo que vai me ver dançando na próxima festa que tocar a bendita música, risos me-aguardem, mais risos.

5 comentários:

  1. kakakakaakaaka! Lara, vc é ótima! Tb adoooooooro essa coreografia (risos) , acho que toda mulher, né não? ( salvo aquelas que usam uniforme de hiponga ou de intelectual com direito a boinas e tudo , risos). Fiquei imaginando a cena de vc dançando sob olhares reprovadores do seu filho adolescente , kakakakakaa ( eu tb morria de ciúmes quando minha mãe desembestava a dançar! Coisa que ela fazia muito!) Bom, é claro que eu tb já tentei dançá-la, só que no meu caso, como meu filho ainda é pequenino, ele morre de rir e pede pra eu dançar mais, ele fala: "de novo!" Só que ainda não me esmerei a ponto de saber a coreografia inteira, sei só algumas partes, mas aprendê-la faz parte dos meus planos kakakakakakaa! Então, vc já sabe? (risos-queria muito ver isso!) Dançar faz um bem danado mesmo, eu quando tô meio down, faço isso, ponho uma música e desembesto a dançar, fico logo alegre, ainda mais com as risadas do meu marido e do meu filho, meu marido ri e fala: " Vc é doida!" Agora tô com a mania do REBOLEIXON! ( risos). Quando tá tudo muito parado aqui em casa, vou pra sala, me posto na frente da TV e começo: "reboleixonxon, reboleixonxon, reboleixon,reboleixonxon e o reboleixon!" E danço junto, a risada é geral!
    PS- Lara, não comentei o post passado, mas sua família é linda (adoro histórias de família) e seus avós são uns fofos!
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. faltou postar o seu video ne larita...pra gente avaliar o resultado!

    ResponderEliminar
  3. Lara, tá tudo bem? São os preparativos de uma viagem de semana santa ou o fato de estar triste que te faz andar sumida? Fiquei preocupada porque se eu último comentário lá no blog Silva foi que estavas triste. Dê notícias, tá? Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Gente, há tanto tempo não vinha aqui...Que bolsas lindas

    ResponderEliminar